quinta-feira, 4 de maio de 2017

QUITERIANÓPOLIS: Assaltante pode ter morrido de ataque cardíaco, diz delegado


O delegado da Polícia Civil de Quiterianópolis, Adriano Queiroz, se pronunciou nesta terça-feira,02, sobre o caso do assaltante João Alves da Silva Irineu, 31 anos, vulgo Erinho. O rapaz morreu após entrar em luta corporal com suas vítimas, numa churrascaria, em Quiterianópolis, na noite do último sábado, 29.
De acordo com o delegado, o assaltante morreu, possivelmente, vítima de um ataque cardíaco. “A família do falecido informou que ele sofria de problemas cardíacos. Além disso, no exame de Corpo Delito não foi encontrada nenhuma lesão perfurocortante (faca) ou perfurocontundente (arma de fogo), dando laudo indeterminado”, declarou.
Edinho e seu comparsa, Alcides Pereira da Silva, 27 anos, foram indiciados por roubo qualificado por uso de armas, constituindo duas ou mais pessoas, e ainda por tentativa de latrocínio. Ainda conforme o delegado, Edinho já possuía antecedentes criminais.
Relembre o caso
Um assaltante morreu e outro ficou ferido após confronto com suas vítimas por volta das 22h deste sábado, 29, numa churrascaria do Bairro Santa Clara.
De acordo com o Sargento do Batalhão de Divisas, Carlos Bezerra, as viaturas 010 e 011, se dirigiam para Quiterianópolis após receber informações de que uma dupla havia tomado uma moto de assalto na localidade de Besouro e estava praticando assaltos na região.
Quando as viaturas seguiam pela CE 351 a altura do Bairro Santa Clara, se depararam com um homem e duas mulheres pedindo socorro e informando que estava acontecendo um assalto numa churrascaria a cerca de 200 metros.
"Quando chegamos ao local constatamos que os assaltantes haviam entrado em luta corporal com as vítimas, um elemento ainda estava em confronto com os populares e o outro já havia sido imobilizado", destacou Bezerra.
Os policiais conduziram os dois assaltantes para o hospital e o que estava ferido com maior gravidade veio a óbito.
Os assaltantes foram identificados por João Alves da Silva Irineu, 31 anos, vulgo Erinho, que morreu no Hospital e Alcides Pereira da Silva, 27 anos, ambos residentes na localidade Besouro.
As vítimas relatam que os elementos chegaram em uma moto, de capacetes e foram logo anunciando o assalto. Um estava com uma espingarda e o outro com uma faca.
"Eles foram muito agressivos, lembra uma vítima". Um rapaz que estava no local foi esfaqueado pelos assaltantes e também teve que ir para o hospital.
Além de tomar a moto no Besouro, a dupla também praticou um assalto no Bar/quiosques do Zé Cordeiro na Sede do Município.
O assaltante Alcides foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, para que seja lavrado o flagrante de delito. As vítimas também foram conduzidas a nesma delegacia para prestar esclarecimentos.
O corpo do assaltante morto foi encaminhado ao IML de Tauá.
Repórter Cícero Lacerda