terça-feira, 23 de maio de 2017

Câmara aprova reajuste para os servidores do Magistério


A Câmara Municipal de Tauá aprovou na sessão dessa segunda-feira,22,o projeto de lei que concede o reajuste salarial dos professores da rede Municipal de Tauá.De acordo com o projeto o reajuste é de 7,64% linear e retroativo a janeiro de 2017 e será paga a diferença de janeiro em maio, a de fevereiro em junho,a de março em julho e a de abril em agosto.O projeto tramitou no legislativo durante vários dias,por conta de erros na elaboração.Foi dada entrada e retirado da secretaria da Câmara para serem corrigidos erros,após observações de parlamentares e do sindicato Apeoc.Finalmente nessa segunda o projeto foi para a ordem do dia e aprovado por unanimidade.Ainda ontem o projeto apresentou erro de calculo na referência 1 (3º pedagógico) R$ 2.298,80, pois o valor exato R$ 2.301,34 diferença de R$ 2,54, mas graças a boa mediação do Sindicato com os edis foi modificado mais uma vez. Durante a Sessão ainda houve uma discussão pelos parlamentares em relação a ausência dos pensionistas, outra vez a representação classista da categoria do magistério intermedeia com o presidente  Marco Aurélio a observância da Lei Municipal Nº 2006/2013 que criou a IPMT na seção III - DO REAJUSTAMENTO DOS BENEFÍCIOS no art. 50º ressalta que os benefícios de aposentadoria e pensão serão reajustados no valor real, na mesma data e na mesma proporção da revisão geral da remuneração dos servidores ativos.