domingo, 6 de março de 2016

CORPO DE ARNEIROZENSE SERÁ TRASLADADO PARA VELÓRIO E SEPULTAMENTO EM SUA REGIÃO


O corpo do crediarista Francisco Ricardo Rodrigues Feitosa, (foto), 29 anos, foi encontrado na tarde deste sábado (5) em um matagal no bairro Cajazeiras, em Salvador (BA). Segundo informações, o corpo foi encontrado enterrado numa cova rasa próximo de onde ele foi raptado.

Desde o último dia (27/02) o rapaz estava desaparecido. Ele fazia cobranças quando foi rendido por dois homens não identificados que o obrigaram a sair de dentro do veículo e entrar noutro carro.

Ricardo estava em companhia de outros dois amigos que trabalhavam com ele no ramo de crediário (produtos naturais). Os criminosos chegaram a afirmar que queriam apenas o Ricardo e pediram para que os dois rapazes conduzissem o veículo do mesmo.

A polícia baiana abriu investigação para apurar o caso. Ricardo Feitosa morava há 6 (seis) anos em Salvador.

Mais cedo, na manhã deste sábado, 05, a polícia baiana havia localizado, depois de 8 dias de procura, objetos pertencentes a vítima, e o possível corpo numa cova rasa.

Ricardo é  filho do casal Francisco Araújo de Sousa Neto e Maria Evaneide de Sousa, que residem há muitos anos, em Campo Preto – Arneiroz.

O corpo de Ricardo foi encaminhado ao IML -  Instituto Médico Legal de Salvador, e segundo informações da família, deverá ser liberado na noite deste domingo, 06.

Após a liberação do IML, o corpo  será trasladado para o município de Arneiroz, e o velório será  na casa de seus pais, na localidade de Campo Preto – zona rural deste município.

Sepultamento

O sepultamento será no cemitério de Catarina, mas o horário ainda está indefinido.

Por Flaviano Oliveira – repórter.