sexta-feira, 3 de julho de 2015

AVÔ PRESO APÓS SURRAR UM NETO


A Polícia Militar do município de Aiuaba prendeu em flagrante na tarde desta quinta-feira, 02, um homem de 58 anos de idade, conhecido como  João Batista Firmino, residente no bairro Altos, acusado de ter espancado  seu próprio  neto de apenas 09 (nove) anos de idade.

A criança de iniciais E.S.O.J (foto) teria sido agredida por volta do meio dia desta quinta-feira, quando seu avô, o senhor João Batista, o espancou utilizando uma corda. Segundo testemunhas, a surra foi tão grande que a criança ficou com vários hematomas pelo corpo, principalmente nas costas.

Contudo, a mãe do garoto, que é filha de João Batista, denunciou o caso ao Conselho Tutelar e na Polícia Militar, que de posse da informação uma equipe comandada pelo Sargento Bandeira e composta pelos Soldados G. Vidal, Samuel, Duarte, Jucivaldo e Luiz Carlos empreenderam diligências e lograram êxito em prender o agressor que já estava em destino de fuga.

Segundo a Sargento Bandeira, “o caso chocou a população Aiuabense, até os profissionais de saúde que atenderam a criança ficaram perplexos com tamanha barbaridades”, disse.

O acusado quando foi capturado disse à polícia que bateu no seu Neto porque ele estava "pegando no alheio", mas reconheceu que exagerou na dosagem do corretivo, informou Bandeira.

A dona de casa Hermínia Edna Firmino Oliveira, mãe da criança, disse estar muito chateada com seu pai por ele ter tido a coragem de surrar desumanamente seu filho e deixado marcas tão graves. “Foi uma brutalidade”, citou. A mulher afirmou ainda que a criança tem problemas mentais. A PM de Aiuaba fez  a condução das partes envolvidas no episódio para a Delegacia Regional  de Polícia Civil onde foram realizados os procedimentos legais.


O avô da criança foi indiciado  por maus tratos. O mesmo assinou um TCO – Termo Circunstanciado  de Ocorrência e foi liberado. 

Por Flaviano Oliveira - repórter.