segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Falta de reajuste para os professores volta a ser debatido na sessão da Câmara Municipal de Tauá


O vereador Felipe Viana voltou a abordar a questão do reajuste dos professores,na sessão desta segunda-feira,03,da Câmara Municipal de Tauá.Segundo o vereador,não consegue entender porque depois de mais uma década que era concedido o reajuste anual,neste ano não teve, sob a alegativa que falta recursos financeiros.Além de não conceder o reajuste,lembrou o vereador,o executivo ainda aciona  a justiça contra a categoria.O parlamentar lembrou a decisão do Tribunal de Contas do Estado,que determina que os servidores afastados para aposentadoria devem receber pelo instituto de previdência do Municipio ou pelo INSS,mas em Tauá continuam recebendo com recursos do Fundeb.Felipe Viana considera o fato um abuso,já que esse dinheiro seria suficiente para pagar o reajuste dos professores.Informou ainda que a Secretaria de Educação está sendo usada de forma politica,como forma de angariar votos.

O parlamentar relatou que o Municipio vive uma insegurança na área de Educação,quando os professores não sabem se terão os dias de greve descontados,os temporários não sabem se terão os dias letivos descontados e até os pais que sofrem com a toda a situação.Além disso,a população em geral vive uma expectativa negativa.

A vereadora Fátima Veloso,também em pronunciamento,relatou que circularam em grupos de aplicativos,medidas autoritárias,como a solicitação dos nomes de professores que participaram do movimento grevista.Segundo a vereadora,a greve obedeceu todo o ritual legal,mas foi questionada e o procurador geral do Municipio teria desconsiderado a autoridade do prefeito no processo de negociação.

O vereador Felipe Viana,no seu pronunciamento,alertou para o que ele considera uma ilegalidade,quando em redes sociais,a atual administração se coloca como responsável por obras que estão em andamento.Segundo vereador,os recursos foram empenhados pelo Deputado Domingos Neto e iniciados na gestão passada,mas o eleitor está sendo induzido a acreditar que é obra da atual gestão.O vereador comparou a situação a de um médico que faz uma cirurgia e outro segue fazendo o acompanhamento do paciente,quando não se pode tirar o mérito de quem realmente operou.

No final do seu pronunciamento o vereador Felipe Viana disse que o reconhecimento da atual gestão,pelo que foi feito,seria bom para o Municipio,devendo se pensar em coisas maiores para o bem de todos.Segundo ele,Tauá chegou ao fundo do poço e o povo perdeu a esperança,principalmente após a promoção da discórdia.

CONFIRA A SESSÃO