segunda-feira, 25 de junho de 2018

Vereador diz que o executivo gasta muito com publicidade e assessoria juridica e não prioriza serviços essenciais


O vereador Felipe Viana ocupou a tribuna na sessão desta segunda-feira,25,da Câmara Municipal de Tauá,quando enfatizou que o Muncipio precisa dar prioridades para suas ações administrativas.Segundo ele,em 2017 o executivo gastou 126 mil reais com publicidade e já tem totalizado em empenho de janeiro até agora 99 mil.O que chama à atenção do vereador,é que,enquanto se gasta esse montante com publicidade,empresas que prestam serviços essenciais como a que coleta o lixo está sem receber o pagamento.O vereador reconhece que a gestão deve ter publicidade,mas não é prioridade gastar tanto em menos de dois anos,enquanto serviços essenciais não estão sendo prestados.

Felipe Viana exemplificou o gasto da Secretaria de Saúde com a publicidade,de 20 mil reais,recursos que seriam mais que suficientes para confeccionar os cartões das gestantes,comprar milhares de luvas e outros produtos que estão faltando nas unidades de saúde.Outro exemplo o gasto com publicidade do gabinete,37 mil reais.

O Vereador Chico Neto,em aparte,lembrou que na procuradoria do Municipio tem 06 advogados concursados e tem mais 06 contratados.Segundo ele,a prefeitura tem ainda um contrato com um escritório de advocacia em Fortaleza,por mais de 40 mil reais.O vereador Felipe completou informando que os advogados temporários ganham o dobro dos advogados concursados.O gasto com assessoria juridica ultrapassa 400 mil reais por ano,segundo o vereador,o que é um gasto desnecessário.Confira o pronunciamento: