quarta-feira, 13 de junho de 2018

Réu condenado a mais de 16 anos pelo Tribunal do Júri de Tauá


O tribunal do Júri da Comarca voltou a se reunir na manhã desta quarta-feira,13,para o julgamento do réu,Cicero Pereira da Silva.Ele é acusado de crime hediondo,homicidio triplamente qualificado,contra Maria de Fátima Soares,fato ocorrido no dia 04 de fevereiro de 2001,nas proximidades do BNB Clube de Tauá.

Após o crime o acusado de evadiu e foi morar em outro Estado,retornando para Tauá há cerca de um ano quando foi preso e recolhido a cadeia pública.O julgamento foi rápido e o réu terminou condenado 16 anos e 06 meses de reclusão,inicialmente em regime fechado.Após ser lida a sentença ele foi reconduzido para a prisão.

O júri foi presidido pela drª Giséli Lima,tendo na acusação a promotora drª Karina e na defesa do réu o defensor,dr.Antonio.Nessa quinta-feira acontece mais um julgamento.O réu é Francisco Leandro Laurentino Lima.

Repórteres Edy Fernandes e Flaviano Oliveira