quarta-feira, 20 de junho de 2018

Réu condenado a mais de 14 anos de prisão em julgamento do Tribunal do Júri


O tribunal do Júri da Comarca de Tauá voltou a se reunir na manhã desta quarta-feira,20,para o julgamento de mais um réu.Foi julgado o réu Wanderlanio Lima Araújo,que não compareceu ao fórum dr.Fábio Augusto e se encontra em local desconhecido.Ele é acusado de homicídio qualificado praticado contra Valderi Diniz Lacerda,fato ocorrido em fevereiro de 2014 na localidade de Lagoa do Eufrasino,Distrito de Inhamuns,Tauá.Naquela oportunidade estava havendo uma festa em um clube,quando Wanderlanio entrou no local efetuando disparos e a vitima acabou sendo atingida e vindo a óbito.

O julgamento foi rápido e o júri condenou o réu a 14 anos e 03 meses de prisão em regime fechado.A presidência do Júri foi da drª Giséli Lima e atuou na defesa o defensor dr.Antonio e na causação,drª Karina.O próximo julgamento está marcado para o dia 04 de julho com o réu Manoel Pereira Sales.

Repórteres Edy Fernandes e Flaviano Oliveira