quinta-feira, 26 de abril de 2018

Google faz maior mudança de todos os tempos no Gmail


O serviço de e-mail mais popular do mundo, Gmail, oficializou sua mudança mais radical nesta quarta-feira (25). O redesenho transforma o serviço para web em algo muito semelhante a um aplicativo móvel e será lançado em forma de convite para todos os 1,4 bilhão de usuários paulatinamente.

Caso seu perfil esteja apto a receber a mudança, basta acessar o menu da engrenagem, no canto superior direito; clicar em conheça o novo Gmail e escolher o modo de preferência. Caso queira retornar à versão anterior, basta clicar em "voltar para o Gmail clássico" na engrenagem.

Com alarmes, modo confidencial e "cutucadas", o serviço apresenta novo dinamismo e pode chamar a atenção de gerações mais novas, avessas ao e-mail e mais chegadas a apps de produtividade.

Ao The Verge, o gestor de produtos Jacob Bank disse que o intuito das mudanças é aumentar a segurança e a produtividade das pessoas. Usuários da versão business do app devem passar a ser vistos com maior prioridade pela plataforma.

A questão da segurança gira em torno do Modo Confidencial, que permite enviar mensagens sensíveis com data de validade ou anula-lo no ato e será lançado nas próximas semanas. Este tipo de e-mail funcionará como um link para o conteúdo com uma licença temporária de acesso.

Funções de gestão para e-mails corporativos também impedirão que usuários encaminhem, imprimam, baixem ou copiem determinadas mensagens, parte do chamado Integrated Rights Management. Uma autenticação em duas fases também pode solicitar uma senha antes da abertura de um destes e-mails.

Também para proteger usuários, o Gmail lança avisos de segurança para ameaças de phishing. Usuários não conseguirão mais ignorar a mensagem alertando para o perigo das mensagens consideradas perigosas pelo algoritmo do Gmail.

No modo "snooze", será possível solicitar que uma mensagem envie um alerta para ser lida mais tarde. Essa função, como outras semelhantes, aparecerá ao passar o cursor por cima da mensagem em questão. Alguns e-mails também poderão "cutucar" o usuário: o Google fará isso através de mensagens destacadas como "recebido há três dias. Responder?". A escolha das mensagens que merecem este aviso será feita a partir da importância das mensagens com base no uso de cada um - como ocorre na caixa prioritária.

Falando em caixa prioritária, haverá a partir de agora uma notificação de prioridade alta, já disponível para a versão móvel do app. O algoritmo escolhe as mensagens urgentes e não notifica as menos importantes.

Em design, passa a ser possível esconder o painel de navegação lateral e diminuir a "densidade" da caixa de entrada para ter um visual menos poluído. Outras mudanças aparecerão nas próximas semanas para usuários do mundo inteiro.

Fonte:http://www.infomoney.com.br