sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Promulgada lei que extingue os cargos de Ordenadores de despesas no executivo



O presidente da Câmara Municipal de Tauá,vereador Luis Tomaz,promulgou nessa sexta-feira,16,a lei 2418,que dispõe sobre a alteração no dispositivo da lei 1103,do ano de 2001.Na prática a nova lei acaba com a figura do ordenador de despesas nas secretarias do executivo Municipal.De acordo com a alteração,a ordenação de despesas das pastas e entidades integrantes da administração,será de responsabilidade dos respectivos titulares.

A proposta de extinção do cargo Ordenador de Despesas foi proposta pelo vereador Ronaldo Filho,sendo aprovada pelo legislativo ainda em 2017.O prefeito Carlos Windson vetou na totalidade a lei,retornando assim para nova apreciação por parte da Câmara Municipal.A maioria da Câmara votou pela derrubada do veto e agora com a promulgação a lei passa a ser aplicada.Segundo o autor da matéria,Ronaldo Filho,a alteração traz economia para os cofres públicos,com a extinção dos cargos,como dá maior segurança aos secretários e ao próprio chefe do executivo,em relação a aplicação correta dos recursos públicos.