quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Homem que estava na companhia de mulher encontrada morta se apresenta na delegacia

Local da ocorrência
A Policia Civil de Tauá,continua investigando a morte da senhora Maria do Carmo Pereira Campos,conhecida como Do Carmo,que foi encontrada morta na tarde da última segunda-feira,em uma construção,as margens da BR-020.Nessa quarta-feira,24,compareceu a delegacia de policia,acompanhado de familiares,o homem identificado como Antonio Pereira de Sousa,conhecido como Vaqueiro,residente no bairro Bezerra e Sousa.Ele se apresentou ao Delegado,dr.Gisleian,informando que estava na companhia da mulher,quando os dois cairam no buraco.

Segundo relatou Vaqueiro,se encontrou com Do Carmo na seresta que acontecia em um clube ao lado da construção e sairam pra namorar e sem saberem da existência da abertura na laje acabaram caindo.Segundo ele,após a queda não se lembra mais de nada do que aconteceu,nem mesmo como saiu do local.Segundo a informação do pai do Vaqueiro,identificado como Emidio,ele foi encontrado na manhã de segunda-feira,no centro da cidade,por um familiar,todo machucado e desorientado.No inicio ele se recusou a ir para o hospital,mas acabou sendo convencido a ser medicado e interrogado pelo pai, lembrou de alguns detalhes e que teria caido em um local quando estava na companhia de uma mulher.

Vaqueiro foi conduzido para o IML por duas vezes,na primeira logo quando se apresentou e depois quando foi ouvido para a coleta de material para o exame de DNA.Um boné ensanguentado foi encontrado próximo ao corpo da mulher e acredita-se que seja dele,mas o rapaz não lembra.O exame vai confirmar ou não.

Após os procedimentos,Vaqueiro foi liberado.Segundo o delegado o trabalho de apuração do fato continua,aguardando agora o laudo do IML e o resultado dos exames que foram realizados,para comprovar como realmente tudo aconteceu.

Repórter:Edy Fernandes