quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Réu condenado a mais de 25 anos de prisão em mais um julgamento em Tauá


O Tribunal do Júri da Comarca de Tauá voltou a se reunir na manhã dessa quarta-feira,22,no Fórum dr.Fábio Augusto,para o julgamento de mais um réu.Foi submetido a julgamento Antoniel Xavier Viana,conhecido como Antonio Parada,acusado de homicidio consumado,motivo torpe,contra Antonio Alberto de Sousa e tentativa de homicidio contra Julio Cesar Alves Sousa.O fato aconteceu em outubro de 2015,nas proximidades de uma Igreja na rua João Rufino,em Tauá.O réu também foi julgado por corrupção de menor,já que na oportunidade estava na companhia do menor conhecido pela alcunha de Junior Parada.Antoniel está preso atualmente na PIRC,em Juazeiro do Norte e foi conduzido pela equipe de Agentes penitenciários e participou do julgamento,sendo réu confesso.Ele já é condenado por outros crimes,com o mesmo modus operandi,que aconteceram na mesma época,tendo como vitima fatal,Jonatas Gomes Batista.De acordo com os autos,Antonio Parada e Junior Parada,que moravam em Boa Viagem,foram contratados para realizarem uma série de execuções em Tauá.

O júri foi rápido e por volta do meio dia foi divulgado o resultado da sentença.O réu foi condenado pelo homicidio consumado e pela tentativa de homicidio,a 25 anos e 2 meses de reclusão e ainda a 1 ano e seis meses por corrupção de menor.Após o júri ele seria reconduzido para a penitenciária de Juazeiro.O júri foi presidido pela drª Giséli,com a representante do MP,drª Karina atuando na acusação e na defesa do réu o defensor público,drº Adriano.Nessa quinta-feira,23 tem mais um julgamento programado.Vai sentar no banco dos réus,Francisco Aparecido de Lima.

Repórteres:Flaviano Oliveira e Edy Fernandes