quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Mais um réu condenado por prática de homicidio


Foi realizado na manhã dessa quinta-feira,23,o penúltimo julgamento da semana inteira de júri,da Comarca de Tauá.Sentou no banco dos réus,Francisco Aparecido de Lima,conhecido como Gago,natural de Solonópole.Ele é acusado de homicidio contra Francinaldo de Oliveira,conhecido como Nenen Maroto,fato ocorrido no dia 24 de janeiro de 2016,na localidade de Lagoa do Eufrasino,Municipio de Tauá.A vitima foi morta através de disparos de arma de fogo,do lado de fora de um bar,na referida localidade.Desde a época do fato que o réu se encontra preso e foi conduzido para o Fórum drº Fábio Augusto,participando do julgamento.

Atuou  na defesa do réu o defensor público,dr.Adriano e na acusação a representante do Ministério Público,drª Karina.Após os debates o conselho de sentença se reuniu e decidiu pela condenação do réu a 12 anos de prisão,inicialmente em regime fechado.

Nessa sexta-feira tem sequencia a série de júris,quando será julgado Manoel Rodrigues Soriano.

Repórteres Flaviano Oliveira e Edy Fernandes