quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Secretaria de Educação rescinde contratos temporários e parcela pagamento dos atrasados


Enquanto servidores temporários da Secretaria de Educação de Tauá,se mobilizam reivindicando os salários que estão atrasados,outros estão recebendo uma notificação informando a demissão ou a rescisão dos contratos.De acordo com a notificação,o Municipio não possui mais interesse na continuidade dos serviços do contrato celebrado em primeiro de agosto passado,se baseando na lei 2.140 de março de 2015.Segundo a nota,o contrato tem a cláusula que prevê a rescisão a qualquer tempo.Na notificação a Secretaria informa que todas as questões referentes aos salários serão resolvidas,com o pagamento em 04 parcelas,sendo a primeira paga em novembro.Não se sabe oficialmente quantos contratos temporários estão sendo rescindidos.O fato aumentou a insatisfação dos servidores que estavam aguardando e cobrando os salários atrasados e agora recebem uma comunicação da demissão e do parcelamento do atrasado.

A Secretaria de Educação segue sendo o foco das atenções mesmo depois da troca de titular,quando deixou a pasta a professora Aureamélia Cavalcante Dias e foi nomeada para o  posto a professora Gestudes Mota.A medida seria parte dos ajustes que estão sendo feitos pela nova titular da pasta.Nessa quarta-feira foi realizado o pagamento dos professores temporários,referente ao mês de setembro.Confira o comunicado: