quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Réu condenado em julgamento do Tribunal do Júri de Tauá


O tribunal do Júri da Comarca de Tauá,se reuniu nessa terça-feira,05,no Fórum Dr.Fábio Augusto para mais um julgamento.Foi submetido ao júri o réu Antonio Oberlan Pereira de Oliveira,acusado de homicidio contra o adolescente João Paulo Martins de Sousa,que tinha 16 anos na época do fato.O crime aconteceu na madrugada do dia 06 de setembro de 2015,no interior de uma residência na rua Sefisa Ferreira no bairro Colibris.João Paulo foi atingido por 04 tiros e morreu no local.Antonio Oberlan foi preso ainda no mesmo dia acusado de ser o autor do homicidio e segue preso na cadeia pública de Tauá.Ele foi conduzido para o julgamento e desde o dia do acontecimento continua negando a autoria.

Segundo os autos,na madrugada do dia 06,Oberlan estava participando do velório de sua avó e teria se deslocado até a residência onde estava João Paulo e efetuado os disparos que tiraram a vida do mesmo.O motivo seria uma divida de drogas.

A defesa do réu foi do defensor público Dr.Adriano e atuou na acusação a representante do Ministério Público,Drª Karina Mota.O júri foi presidido pela juiza Drª Giséli Lima.O réu foi condenado a 15 anos de reclusão em regime fechado.Como ele tinha menos de 21 anos na época do fato deverá ganhar uma atenuante que será definida pela presidente do Júri.