quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Réu condenado em mais um julgamento do Tribunal do Júri de Tauá


O Tribunal do Júri da Comarca de Tauá,realizou nessa quarta-feira,30,no Fórum Dr.Fábio Augusto,o julgamento de mais um réu,dentro do cronograma elaborado,sob a presidência da Drª Giséli Lima.Foi submetido a julgamento o réu Luis Luzimar Cavalcante de Araújo,acusado de autoria de homicidio contra Francisco Harley Araújo Melo.O fato aconteceu no dia 02 de fevereiro de 2012,na localidade de Lagoa de Pedra,Distrito do Carrapateiras,Tauá.O fato na época causou grande repercussão em Tauá e na região,já que Francisco Harley era natural e residia no Municipio de Crateús.

Francisco Harley era palhaço de um circo que esteve  instalado no Distrito do Carrapateiras,quando foi furtado um cachorro de estimação.No dia do crime,ele passava em uma motocicleta,na companhia de um filho,em frente a uma residência,na estrada de acesso a localidade de Mutuca,quando comentou que ali era a casa do ladrão do seu cachorro.Alguém ouviu o comentário e mais à frente,Harley e seu filho foram alcançados por Luis Luzimar Cavalcante.O palhaço foi agredido com socos,pontapés e chicotadas e ainda lesionado à faca,vindo a óbito quando era socorrido.O acusado foi preso posteriormente,mas ganhou  a liberdade enquanto aguardava o julgamento.

No julgamento realizado nessa quarta-feira,o réu foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado,mas poderá recorrer em liberdade,pois não se encontra preso.A defesa do réu foi do advogado Dr.José Viana de Abreu e e na acusação atuou a ´promotora Drª Carina Mota.