segunda-feira, 17 de abril de 2017

Vereador faz pronunciamento sobre a situação do CEO e da Policlinica


O vereador Felipe Viana,ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Tauá,na sessão dessa segunda-feira,17,para falar a respeito da situação do CEO,Centro de Especialidades Odontológicas.Segundo o parlamentar,as portas do CEO,em Tauá,estão fechadas,deixando centenas de pessoas sem o atendimento a saúde bucal.Ele fez um lembrete que não tivemos queda de arrecadação no Estado do Ceará,não justificando um corte de mais de 400 mil reais na saúde Estadual.O vereador também fez uma referência a situação da Policlinica de Tauá,que não vem recebendo os repasses devidos por parte do estado.Tem profissionais da Policlinica que estão sem receber os salários há 04 meses.

Em aparte o vereador Alaor Mota disse que é um ardoroso defensor do funcionamento do CEO e da Policlinica.Segundo ele,está sendo diariamente procurado por pessoas que não estão sendo atendidas,nem mesmo para fazer a marcação.Alaor sugeriu que seja enviado um oficio ao consórcio de gestão,buscando informações sobre a real situação.O vereador Valdemar Junior,também em aparte,lamentou essa situação,o que segundo ele não justifica essa falta de atenção do governo do Estado com a saúde da região.O vereador lembrou que já houve a mudança de gestão na Policlinica e do CEO e agora o que estaria faltando?Felipe Viana disse que é preciso saber qual a real situação dos Municipios da região,se estão ou não participando do consórcio.O vereador Luis Tomás alertou que existem comentários da desistência de outros Municipiso da região.A vereadora Fátima Veloso,que é médica,informou que manteve o contato com uma colega que confirmou está sem receber o salário desde dezembro do ano passado.Segundo a vereadora há uma falta de assistência muito grande,nas diversas especialidades,por conta da falta de atendimento do CEO e da Policlinica.

SESSÃO DA CÂMARA