quarta-feira, 19 de abril de 2017

Réu condenado por assassinato de companheira


Foi realizado na manhã dessa quarta-feira,19,no Fórum Dr.Fábio Augusto,em Tauá,o primeiro julgamento da temporada de júris de 2017.O primeiro a sentar no banco dos réus foi Gildecir Clarentino Pires Rodrigues.Ele é acusado do assassinato de sua companheira,Maria José Martins dos Santos,conhecida como Mazé.A vitima foi assassinada à faca em sua residência,no bairro Meireles,no dia 30 de janeiro de 2016.O júri foi presidido pela titular da 1ª vara da Comarca de Tauá,Drª Giséli Sousa.Atuou na acusação a promotora Drª Karine e a defesa do réu ficou a cargo do advogado,Drº Carlos Augusto.No final o réu foi condenado a 17 anos e 03 meses de prisão,inicialmente em regime fechado.Gildecir já se encontra preso e após a sentença foi reconduzido para a cadeia pública de Tauá.O próximo julgamento será no dia 26,as 09h,sendo o réu Francisco Pedrosa Feitosa e a vitima Gilvan Francisco de Lima.