segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Pequenos constrangimentos que você nunca consegue superar


Atender o celular como se fosse o telefone do trabalho.

Cumprimentar uma pessoa que está sentada e ela começar a levantar na mesma hora e os dois ficarem horrivelmente metade agachados.

Não ouvir direito a história triste da pessoa e dar uma risadinha quando ela termina de contar.

Daí você repara no que aconteceu e tenta fazer uma cara de “tenha pena de mim” enquanto morre por dentro.

Tirar da carteira o bilhete de ônibus quando você vai pagar uma conta.

Aquele momento em que você vai cumprimentar com abraço e a pessoa dá a mão.

Tentar entrar no carro errado. E ter alguém lá dentro.

Você dá passagem para a pessoa, ela dá passagem para você ao mesmo tempo, você espera, ela espera, você vai, ela vai ao mesmo tempo.

Confundir “meus pêsames” com “meus parabéns” em um velório.

Esquecer o nome de uma pessoa quando você precisa apresentá-la para os outros.

Sair para ir ao banheiro e voltar para a sala errada.

Acenar com muita simpatia para a pessoa e descobrir que não era alguém que você conhece não.

Fazer todo mundo posar para uma foto e perceber depois que estava filmando.

Fonte:BuzzFeed