terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Ex-presidiário Morto quando tentava jogar material ilicito na cadeia pública de Tauá


Um ex-presidiário foi morto no inicio da noite dessa terça-feira,03.por trás da cadeia pública de Tauá,em um local de dificil acesso.Segundo o que foi apurado pela policia,o ex-presidiário identificado como Lucas Silva Oliveira,tentava jogar para o interior da cadeia,vasto material ilicito,como 08 aparelhos celulares,chips,cartões de memória,carregadores,fones de ouvido,uma quantidade de maconha e até uma espécie de arma artesanal.Para subir na parede ele utilizou uma escada.O ex-detento aproveitou o horário em que os os presidiários do regime semi aberto são recebidos para fazer o chamado rebôlo.Só que o barulho foi ouvido e o alerta foi dado.O delegado regional Dr.Gislian e sua equipe estava na calçada da delegacia e logo entraram em ação para verificar o que estava acontecendo.Segundo o delegado,chegando ao local foi observada a movimentação e o ex-detento encontrado já agonizando.A equipe do Samu foi acionada e foi até o local,com o médico Dr.Misael Neto constatando que Lucas já estava sem vida.Em seguida foi acionado o rabecão para fazer a condução do corpo para o IML de Tauá.A pericia forense também foi acionada e a equipe comandada pelo perito Nunes fez todo o trabalho no local.Segundo o perito a vitima foi atingida por dois disparos na perna,perfurando a veia femoral o que provocou um forte sangramento e consequentemente a sua rápida morte.Lucas Silva tinha saido da cadeia recentemente depois de cumprir pena.Ele tinha várias passagem na policia por prática de furto e assaltos.Ele também era conhecido como Homem Aranha,pela facilidade em que escalava prédios para praticar roubos.