quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Réu condenado a mais de 16 anos por tentativa de homicidio


O Tribunal do Júri da Comarca de Tauá,se reuniu nessa quinta-feira,24,para o julgamento de mais um réu.Foi a julgamento Francisco Pedro de Almeida Junior,acusado de tentativa de homicidio contra sua ex-companheira,Maria de Lourdes da Silva.O fato aconteceu no dia 08 de janeiro desse ano.Segundo os autos,desconfiando de uma possivel traição de sua então companheira,o acusado tentou matá-la,agredindo a mulher de várias formas,com pauladas,socos,etc,chegando também a estuprá-la.A mulher ficou sob tortura em uma casa por várias horas,até quando uma visita observou a situação e acionou a policia.Francisco Pedro foi preso e atualmente vive recolhido na cadeia pública de Tauá,de onde foi conduzido e participou do julgamento.No seu depoimento perante a juiza,ele disse que não teve a intenção de matar.A acusação foi feita pelo representante do Ministério Público,Dr.Aroldo e o réu foi defendido pelo defensor público,Dr.Eduardo.No final o réu foi condenado a 16 anos,04 meses e 14 dias de prisão,inicialmente em regime fechado.O júri foi presidido pela Drª Giséli Sousa Silva.