quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Mesa Diretora define critérios para a eleição na Assembleia


A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa definiu, em reunião na manhã desta quarta-feira (30/11), como serão realizadas as eleições do Poder Legislativo. O pleito ocorre nesta quinta-feira (01/12), no Plenário 13 de Maio, a partir das 11 horas. Em razão do processo eleitoral, não haverá sessão ordinária.
De acordo com o presidente da AL, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), a votação será secreta e em cédula, na qual constarão as chapas inscritas. O presidente esclareceu que durante a sessão preparatória da eleição serão concedidos 15 minutos para os candidatos a presidente exporem suas ideias e mais dez minutos para um parlamentar de cada chapa.
Zezinho Albuquerque informou ainda que a composição das chapas deve ser apresentada até o início da sessão. Cada uma deve ter dez integrantes, distribuídos nos cargos de presidente; primeiro e segundo vice-presidente; primeiro, segundo, terceiro e quarto secretários, além de três suplentes. “Após a apresentação das chapas em Plenário, nenhuma alteração poderá ser feita”, ressaltou.
De acordo com o presidente, havendo disputa, será considerada vencedora a chapa que obtiver o mínimo de 24 votos em primeira votação. Caso o número não seja alcançado, haverá segunda votação. Em caso de empate, a chapa que tiver o candidato a presidente mais velho será eleita. A posse dos eleitos será dia 1 de fevereiro de 2017.
Também participaram da reunião o primeiro vice-presidente, deputado Tin Gomes (PHS); o segundo vice-presidente, deputado Danniel Oliveira (PMDB); o primeiro secretário, deputado Sérgio Aguiar (PDT), o segundo secretário, deputado Manoel Duca (PDT); o terceiro secretário, deputado João Jaime (DEM); o quarto secretário, deputado Joaquim Noronha (PRP), e o deputado Odilon Aguiar (PMB).  
Fonte:http://www.al.ce.gov.br