terça-feira, 4 de outubro de 2016

Exame preliminar confirma que homem que morreu na parede do Açude Brôco foi vitima de homicidio


A policia civil de Tauá,sob o comando do Delegado Regional,Dr.Edvando Junior,trabalha para elucidar a misteriosa morte de Renato Teixeira Lima,31 anos,residente na localidade de Brôco.Ele morreu na noite de domingo,02,na parede do Açude Brôco,ficando a dúvida se o mesmo tinha sido vitima de um acidente ou assassinado.O exame preliminar do IML de Tauá confirma que Renato foi vitima de homicidio,já que foi encontrado um projétil,possivelmente disparado por pistola,que atingiu a vitima nas costas e perfurou seus órgãos.A policia agora trabalha para descobrir quem efetuou o disparo.

O caso
Na noite de domingo,Renato estava em sua residência na companhia de um amigo identificado como Gonzaga,que reside na sede de Tauá.Os dois decidiram vir até a cidade,cada um em uma motocicleta.Quando passavam por cima da parede do açude,encontraram um homem alto,magro,a pé,com um capacete no braço e falando ao celular.Mais na frente,Renato procurou saber de seu amigo se conhecia aquela pessoa,pois não tinha reconhecido.Resolveram então voltar para averiguar de quem se tratava e quando trafegavam na parede do açude,houve o choque entre as duas motocicletas.Renato acabou falecendo no local e familiares foram avisados do fato.Gonzaga em seu depoimento na delegacia informou que não ouviu disparos e acreditava que Renato tinha morrido em consequência do acidente,já moradores da localidade informaram que ouviram os disparos e agora veio a confirmação através do exame preliminar do IML.Segundo Gonzaga não viu mais nas proximidades a pessoa que haviam encontrado anteriormente caminhando na parede do açude.Ele já prestou depoimento na delegacia e agora se aguarda o trabalho de investigação da policia.O corpo de Renato foi sepultado na manhã dessa terça-feira no cemitério São Judas Tadeu de Tauá.