segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Eleições modificam composição na Assembleia Legislativa


A vitória de parlamentares no 1º turno das eleições municipais vai gerar mudanças na composição da Assembleia Legislativa do Ceará. Foram eleitos, neste domingo (02/10), os deputados Carlomano Marques (PMDB), em Pacatuba; Ivo Gomes (PDT), em Sobral; Laís Nunes (PMB), em Icó, e Zé Ailton Brasil (PP), no Crato. Além disso, dois parlamentares estão na disputa do segundo turno: Capitão Wagner (PR), em Fortaleza, e Naumi Amorim (PMB), em Caucaia.
Dessa forma, devem assumir os mandatos, respectivamente, os deputados Leonardo Araújo (PMDB), Fernando Hugo (PP), Dedé Teixeira (PT) e Mário Hélio (PDT). Os parlamentares eleitos para os executivos municipais têm até o final do ano para renunciar aos mandatos.
Para Mário Hélio, a expectativa de retorno à Casa é bastante positivo. “Vou produzir com mais força, coragem, e o momento é de agradecer a Deus de ter proporcionado o retorno”, comenta. Mário Hélio diz que pretende focar nas discussões sobre a estiagem e ações de convivência com o semiárido. “A questão da estiagem é muito preocupante. Vamos tentar angariar recursos para as áreas mais sofridas”, informa.
Já o deputado Leonardo Araújo afirma ter recebido com muita humildade a sua efetivação no Parlamento. “Temos que reconhecer que, para a Assembleia Legislativa, a saída do deputado Carlomano Marques representa, sem dúvida, a ausência de um grande parlamentar, envolvido com a política do dia a dia, com a sapiência das palavras, um vocabulário sempre bem colocado e um homem de trabalho árduo. Para nós, substituí-lo será uma responsabilidade muito grande, agora já efetivamente”, afirma.
Ele acrescentou que vai continuar com o trabalho sempre focado no social e no compromisso com o povo, especialmente com os municípios onde teve uma votação expressiva. “Faremos um trabalho com muita tranquilidade e, acima de tudo, com muita transparência e serenidade”, frisou. 
GS/AT