quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Acordo encerra por antecipação a campanha politica em Aiuaba


A situação de intranquilidade em Aiuaba, município localizado nos Sertões dos Inhamuns, motivou que as coligações políticas promovessem a suspensão dos comícios, por meio de acordo assinado perante a juíza Ana Carolina de Freitas e o promotor de Justiça Alexandre Konstantinou.

O acerto, que aconteceu pela manhã no fórum da cidade, localizado no bairro de Caiçara, contou ainda com as assinaturas dos candidatos majoritários e lideranças políticas. Com isso, ficam permitidos, no âmbito da propaganda eleitoral, apenas a adesivagem e panfletagem e mais o uso de carros de som.

Segundo informou a juíza Ana Carolina, a decisão pela suspensão dos comícios foi iniciativa dos próprios candidatos a prefeito, Ramilson Araújo Moraes e José Adalberto Feitosa Rodrigues, das coligações, respectivamente, Por uma Aiuaba Melhor, e Por uma Aiuaba de Todos.

Reforço
O vereador José Valmir de Souza, 58, foi morto com vários tiros, após participar de um comício, na localidade de São Nicolau, no último sábado. Em seguida, o filho dele, Alan Franklin de Souza, 27, assassinou um rival e deixou outro ferido. A Polícia investiga se há relação entre os dois homicídios. O delegado regional de Tauá, disse que o "inquérito ocorre sob sigilo e, por enquanto, nenhum acusado foi localizado".

Há suspeita de que a morte do vereador, que concorria à reeleição, foi por motivação política, em decorrência de pronunciamentos críticos à gestão anterior. A juíza informou que não há ainda como confirmar a relação dos crimes com motivações políticas, uma vez que o inquérito ainda está em andamento. Ainda na manhã de ontem, houve antecipação no reforço policial, em vista dos últimos episódios. Além de Aiuaba, o reforço também foi antecipado em Icó e Mombaça.

Recomendação
De acordo com a juíza Ana Carolina, a reunião ocorrida no Fórum também foi uma oportunidade para reiterar a recomendação pelo apaziguamento dos ânimos. Ela disse que o documento assinado já demonstra um gesto de boa vontade. A juíza salientou que a suspensão do comício é um bom sinal de retorno da tranquilidade, pois evita a aglomeração de pessoas.

Também ontem, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ratificou decisão da juíza Ana Valéria, que indeferiu a candidatura da vice de Ramilson Araújo, Marinez Sales. A decisão deverá ser avaliada posteriormente, mas, por enquanto, o pleito prossegue com dois os candidatos a prefeito", disse.

Fonte:Diário do Nordeste