quarta-feira, 20 de julho de 2016

Acusado de homicidio se apresenta e fica preso


O acusado do assassinato registrado nessa terça-feira,19,no Assentamento Angicos,em Tauá,se apresentou na delegacia de policia civil,no final da tarde.Manuel Pereira de Sales,conhecido como Junior Sales ou Junior do Zezumiro,se apresentou acompanhado de um advogado e ficou preso,recebendo voz de prisão do delegado regional,Dr.Marcos Vinicius.A vitima foi Luiz Gilvan Alves Rodrigues, conhecido como Luiz Arraial,que foi morto com pelo menos três disparos de revólver, possivelmente calibre 38, que atingiram o seu abdômen, braço e cabeça.O crime teria sido motivado por uma rixa entre vítima e acusado, em razão de um desentendimento verbal entre ambos ocorrido na tarde desta segunda-feira, por causa da água de um cacimbão da comunidade situado em um açude, que beneficiam todos os moradores.Em depoimento na DP,o acusado confirmou que tinha uma rixa com a vitima e alegou que Luis Arraial investiu contra o mesmo com uma faca,motivando o mesmo a sacar a arma e se defender.Sobre a arma,Junior informou que como estava em uma moto,na hora do crime,o revólver caiu e não voltou para recuperá-lo.Segundo o escrivão Ticiano,nessa quarta-feira,a prisão será comunicada a justiça e em seguida o acusado deve ser conduzido para a cadeia pública de Tauá.

O corpo da vitima,Luis Gilvan,está sendo velado na residência dos seus pais,na rua Pedro Lima,no bairro tauazinho.O sepultamento acontece nessa quarta-feira em horário ainda a ser definido.