segunda-feira, 16 de maio de 2016

Mulheres dominam os pronunciamentos na sessão da Câmara Municipal de Tauá



A Câmara Municipal de Tauá realizou nessa segunda-feira,16,a 14ª sessão ordinária do atual periodo legislativo,sob o comando do presidente,Ronaldo Filho.A sessão foi dominada pelos pronunciamentos das mulheres,quando tres parlamentares ocuparam a tribuna na respectiva sessão.A primeira foi a vereadora Fátima Guedes,que abordou problemas relacionados ao transporte escolar.Um exemplo,segundo a vereadora,é a situação do transporte das localidades de Santa Luzia,Catingueira,e outras,onde  o transporte tem faltado constantemente e o motorista responsável não dar qualquer informação para os pais de alunos.A vereadora também se reportou sobre construção de calçamento e sugestões para melhorar o trânsito na cidade.Fátima Guedes sugere que seja feito o alargamento do conhecido Beco da Opção,que dá acesso as ruas Chico Tetê e Dondom Feitosa.

A vereadora Williana Bezerra também ocupou a tribuna na sessão dessa segunda-feira.Na oportunidade,ela cobrou do executivo melhorias nas ruas de acesso a Igreja Sagrado Coração de Jesus,no bairro Bezerra e Sousa.Segundo a parlamentar,a situação nas proximidades da igreja é complicada,precisando melhorar o acesso para os que frequentam aquele local.

A vereadora Fátima Veloso foi a terceira mulher a ocupar a tribuna.Ela falou sobre suas indicações apresentadas na sessão,como a instalação de mais luminárias no Parque da Cidade,por trás do anexo do colégio Antonio Araripe,onde a escuridão predomina.O local,segundo a parlamentar é muito utilizado para a prática de caminhadas.

O vereador Felipe Viana também ocupou a tribuna na sessão dessa segunda-feira,onde mais uma vez abordou a questão da CPI da Cagece,já aprovada pelo plenário da Câmara Municipal de Tauá,mas ainda faltando a sua formação.O vereador apresentou na tribuna a resolução que indica os membros da comissão,sendo indicados,ele  próprio,Welinton Junior,Fátima Guedes,Fátima Veloso,Chico Neto e Vony.A comissão no entanto ainda não foi criada,por conta da ausência de alguns parlamentares para darem os pareceres nas comissões técnicas.

Na ordem do dia foram aprovadas matérias que deram entrada em regime de urgência e outras que estavam em tramitação no legislativo.Foi aprovado projeto de autoria do vereador Marco Aurélio,que declara de utilidade pública a Sociedade Beneficiente São Camilo .A matéria teve um voto contra do vereador Chico Neto.Aprovado também o projeto que prorroga os efeitos da Lei Municipal nº. 2244, de 18 de fevereiro de 2016.Essa lei prorroga a redução de 25% nos salários da Prefeita, Vice-prefeito, Secretários, Comissionados, gratificações, consumo de combustível, energia, água, locação de veículos e máquinas além de outros serviços.O vereador Chico Neto votou mais uma vez contra.

A Câmara aprovou também o projeto que  Autoriza o poder Executivo Municipal, através da Autarquia Municipal de Trânsito, repassar recursos financeiros a Associação dos Mototaxistas de Tauá,recursos destinados para a compra de uniformes para os integrantes da categoria.Aprovado ainda,projeto de autoria do presidente,vereador Ronaldo Filho,que proíbe a cobrança de tarifação de serviços de distribuição de água e esgoto em dias que estes serviços não forem ofertados à população envolvida, seja no Município como um todo ou em distritos .