domingo, 15 de maio de 2016

A Batalha do SAAE de Boa Viagem para tentar bastecer a cidade


Nos últimos anos, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – S.A.A.E de Boa Viagem, tem travado uma batalha constante em busca de água.
Mais do que reparar canos quebrados, fazer ligação, cortes, e pequenos reparos na rede de abastecimento, a equipe tem sido multiuso neste período de grande seca em que o município está vivenciando. Mais de 30 homens diariamente trabalham no leito do açude vieirão que se encontra completamente seco.
Maquinas, canos, bombas d’água, ferramentas, tudo isso tem sido as armaduras destes homens que tem sido considerados heróis por muitos. O sistema emergencial implantado no açude, tem o objetivo de captar água do subsolo através de rebaixamento de lençol, ponteiras filtrantes e até poços perfurados na bacia hidráulica, é uma especia de UTI, as poucas águas que são captadas percorrem longos canos até chegar na Estação de Tratamento de Água ETA, para depois o consumidor receber nas torneiras dia sim, dia não.
”Após 30 dias de rebaixamento do lençol freático na bacia hidráulica do açude Vieirao, a equipe trabalhou dois dias fazendo o remanejamento das ponteiras filtrantes para outra área com objetivo de manter a captação de água subterrânea postergando o COLAPSO TOTAL DO SISTEMA. A luta continua.  Equipe cansada mas firme e forte. BOA NOITE!!!” relata Regina do Vale, diretora do S.A.A.E Boa Viagem
Poucas Chuvas
Neste mês de maio, choveu apenas 47.0mm em Boa Viagem de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos FUNCEME, as chuvas no município tem sido baixas, o que dificulta ainda mais a vida de quem depende do precioso líquido para viver, seja para consumo ou trabalho.
Abastecimento
Boa Viagem assim como a maioria dos município cearenses, segue sendo abastecida por carros pipas, poços profundos também são perfurados pelos governos do estado e municipal, bem como o açude vieirão oferta poucas águas do sistema acima citado semanalmente.
Esperança
O que resta aos munícipes é esperar por uma boa quadra invernosa em 2017, ainda de acordo com a Funceme os sinais para o fim de uma das piores secas dos últimos anos são positivos, mas só o tempo dirá, o fenômeno El Niño perde força, o que pode nos favorecer.

 Fonte:http://sertnews.com.br/