quarta-feira, 27 de abril de 2016

Morre senhora baleada em tentativa de assalto em Pedra Branca


Foi confirmada nessa quarta-feira,27,a morte da senhora  Silmaria Cavalcante Pacífico, de 40 anos,residente na cidade de Pedra Branca.Ela foi atingida por disparos de arma de fogo,durante uma tentativa de assalto.Conforme a Polícia, na madrugada de ontem, o suspeito do crime, identificado como Antônio Guilherme Pereira Fortunato, teria arrombado uma residência no centro de Pedra Branca. Segundo o inspetor Cláudio, o homem tentava levar alguns objetos.

Ao perceberem uma movimentação suspeita, os vizinhos acionaram a Polícia. Uma patrulha da PM chegou ao local quando Antônio Guilherme saía da casa com os pertences furtados.Ao perceber a chegada dos policiais, o homem voltou para a residência e fez a dona da casa Silmaria Cavalcante Pacífico como refém. O marido de Silmaria,Sidney Cavalcante, 40, tentou reagir à ação do assaltante.

Houve luta corporal, e o assaltante efetuou dois disparos na cabeça de Silmaria. Ela foi encaminhada ao hospital da cidade e depois transferida para o Instituto Doutor José Frota (IJF),mas não resistiu.
Após os disparos efetuados na mulher, o marido Sidney Cavalcante, 40, virou refém de Antônio Guilherme. Ele utilizou a vítima como escudo humano e disse aos policiais que se não deixassem ele fugir, mataria o refém e se suicidaria.

O suspeito fugiu em uma moto com Sidney até um matagal, onde devolveu os pertences roubados e liberou a vítima. A moto foi encontrada e apreendida. Segundo a Polícia, a arma utilizada na ação, um revólver calibre Ponto 40, foi roubada de um cabo da PM de Tauá durante a fuga da cadeia local em março deste ano.

A senhora era mãe de tres filhos e o seu esposo tem parentes em Tauá.