terça-feira, 19 de abril de 2016

AESP inicia capacitação da terceira fase do Batalhão de Divisas que inclui Parambu


A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) realizou na manhã desta terça-feira (19), a abertura do Curso de Policiamento de Divisas (CPD/2016) - Turmas V e VI. Nessa primeira etapa de qualificação da 3ª fase, cerca de 50 policiais militares serão habilitados para atuar em atendimento de ocorrências em área rurais e de difícil acesso, proporcionando o aprimoramento técnico dos profissionais, que poderão compor o efetivo da Célula do Batalhão de Divisas da Polícia Militar do Estado do Ceará, unidade desenvolvida para operar em municípios localizados nas áreas interioranas e de divisas do Ceará, operando principalmente em ocorrências de combate ao tráfico de drogas, armas e ações contra bancos.

Esteve presente na solenidade o diretor geral da Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), coronel PM José Herlínio Dutra; a perita geral Adjunta da Pefoce, Adriana de Moraes Correia; o secretário executivo da Controladora Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), tenente coronel PM Juarez Gomes Nunes Junior; o comandante do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPPRE), tenente coronel PM Paulo Sérgio Braga Ferreira; o comandante do Grupamento de Socorro de Urgência (GSU) do Corpo de Bombeiros Militar, tenente coronel BM Francisco Albert Einstein Lima Arruda; o comandante do Batalhão de Policiamento de Choque, tenente coronel PM Alexandre Ávila de Vasconcelos; o delegado de Policia Civil, Lúcio Pontes Torres, e demais autoridades.

Segundo o comandante da BPRE, tenente coronel Paulo Sérgio, após a conclusão do curso os policiais militares serão direcionados para o Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual, até o lançamento da 5ª e 6ª Companhia. “Os senhores irão trabalhar nas cidades de  Ipaumirim, no limite com a Paraíba, e Parambu, na divisa com Piauí, fechando assim as divisas do Estado”, explicou. Ele também falou sobre a contribuição e aceitação do batalhão nas localidades que atuam. “Espero que vocês venham contribuir no combate a criminalidade. Hoje o Batalhão de Divisas é um diferencial no interior do Estado, além de combater diretamente o crime, nós damos um suporte muito grande aos destacamentos. Venham com vontade de trabalhar, estaremos esperando por vocês”.

Durante seu discurso, o comandante do BPChoque, tenente coronel Alexandre Ávila, exaltou a missão dos policiais militares que contribuem fortemente para a redução dos índices de criminalidade no Ceará. “A missão que os senhores deverão assumir tão logo finalizem esse curso é das mais nobres. Vocês são a primeira tropa de enfrentamento e a primeira tropa preventiva do Estado, serão os homens responsáveis por fornecer a segurança em primeira instância. As dificuldades existirão e para isso estaremos juntos em prol de uma missão maior pra todo policial, que é de proteger pessoas”, aponta

O Diretor Geral da AESP/CE, Cel PM José Herlínio Dutra, finalizou a solenidade proferindo palavras de incentivo aos profissionais, que diariamente enfrentam diversos obstáculos para fazer valer o princípio da ordem pública. “Vocês estão em uma profissão onde a ética, honra e a honestidade é indiscutível. Mantenham firme a fé, o sentimento de justiça e de trabalho, porque a fé te impulsiona à grandes realizações, o sentimento de justiça faz com que sua conduta seja baseada nos valores morais e éticos. O trabalho faz você dar valor a tudo que você conquista”, concluiu.

O curso possui uma grade curricular de 184 horas/aula, e contempla em seu conteúdo programático aulas teóricas e práticas de atendimento pré-hospitalar, direitos humanos, identificação e abordagem veicular, perícia básica de acidente de trânsito, tiro policial, identificação de material explosivo, armamento e equipamento, patrulha policial rural, instrução tática individual, noções de gerenciamento de crises e treinamento físico militar.

3ª Fase do Batalhão de Divisas

A terceira etapa do Batalhão de Divisas prevê a inauguração da 5ª Companhia, localizada em Ipaumirim, no limite do Ceará com a Paraíba, e da 6ª CIA situada em Parambú, na divisa com Piauí, ambas, ainda sem data de inauguração definidas pelo Governo do Estado do Ceará. Ao todo serão 253 policias militares entre oficiais e praças beneficiados nessa última fase do projeto.

O Batalhão de Divisas é unidade operacional, criada na gestão de Camilo Santana, para combater crimes de assalto a bancos, roubo de cargas e o tráfico de drogas, nas fronteiras do Estado.

Em 11 de julho de 2015 foram inauguradas a 1ª e 2ª companhias, localizadas nos municípios de Limoeiro do Norte (divisa com o Rio Grande do Norte) e Penaforte (divisa com Pernambuco), composto por um efetivo de 120 homens.

No dia 29 de fevereiro de 2016 foram instaladas mais duas companhias, a 3ª companhia em Crateús (divisa o Piauí) e a 4ª companhia em Chaval (também divisa com o estado do Piauí).

Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE)