segunda-feira, 7 de março de 2016

ESPIRITO SANTO É O PRIMEIRO ESTADO A BLOQUEAR CELULARES ROUBADOS


O Espírito Santo será, a partir desta quarta-feira (2), primeiro estado brasileiro a bloquear automaticamente celulares furtados ou roubados, desde que seja registrado um Boletim de Ocorrência em uma Delegacia de Polícia Civil. A vítima só precisa informar nome completo, CPF e número da linha telefônica."O cidadão que tiver o celular roubado, extraviado ou furtado, basta que ele solicite, nos faremos a comunicação as empresas, elas farão o bloqueio, e aquele celular não vai servir mais para nada", disse o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia.

Com a medida, quem for registrar furto ou roubo de celular não precisará mais informar o número do 'International Mobile Equipment Identity' (IMEI).A vítima deve ir a uma delegacia, fazer um boletim de ocorrência e informar o número completo do telefone, nome e CPF do proprietário cadastrado na operadora. Se o solicitante não for o proprietário do celular, ele também precisa fornecer seu nome e CPF.
A busca do IMEI será feito pela operadora do cliente em até 48 horas, e o bloqueio será feito no último aparelho que ela utilizou na data da ocorrência.Caso o celular seja recuperado, o desbloqueio poderá ser feito na delegacia onde o boletim de ocorrência foi feito. O secretário explicou que essa medida tem como objetivo diminuir o número de furtos e roubos de aparelhos.
"O que alimenta o crime como o patrimônio, o assalto especialmente, é o celular. Se o o celular não funcionar, ninguém vai comprar, mesmo que não saiba que o celular é roubado, mas o aparelho não vai servir para nada, só como peso de papel", disse Garcia.
G1