quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

RÉU É CONDENADO EM JULGAMENTO EM TAUÁ


Foi realizado nesta quarta-feira, 24, mais um júri popular em Tauá, no Fórum Dr. Fabio Augusto Moreira de Aguiar, tendo como réu,  José Vieira de Souza, vulgo "Maradona", acusado pelo crime de homicídio, ocorrido em Poço de Baixo, distrito de  Marruás, em julho de 2012, quando o mesmo matou com um golpe de faca, a vítima Damião Rodrigues de Oliveira, motivado por  uma discussão banal entre ambos acontecida no dia anterior ao crime.

Na época do fato “Maradona”, foi preso e desde então, ele estava recolhido a cadeia pública de Tauá, aguardando o julgamento. 

O Júri encerrou-se por voltas das 13 horas, e o réu foi condenado a  15 anos de reclusão, em regime fechado. 

Após o julgamento, ele retornou a carceragem do presídio público de Tauá, que terá  que cumprir em regime fechado, pelo menos 2/5 (dois quintos) da pena imposta na sentença, por se tratar de crime hediondo.

A defesa do réu foi representada pelo advogado nomeado Dr. Felipe Viana. O Ministério Publico foi representado pelo promotor Dr. Aroldo e presidiu o julgamento a meritíssima juíza Dra. Giséli.

O próximo julgamento está marcado para o dia 02 de março (quarta-feira), quando sentará no banco dos réus, Leandro Sousa Santos, vulgo “Guí”, acusado de tentativa de homicídio contra a vítima Erismar Cantuário de Sousa.

Por Flaviano Oliveira – repórter.