quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

ELUCIDADO BÁRBARO ASSASSINATO ACONTECIDO EM CATARINA

Delegado:Dr. João
Uma operação desencadeada nesta quarta-feira, 20, em Catarina através das polícias civil  e militar, conseguiu efetuar a prisão de quatro pessoas envolvidas em crime de latrocínio naquele município.O fato aconteceu neste final de semana passado no açude Buenos Aires contra Pedro Ferreira de Souza, 24 anos de idade,  conhecido por Pedro Gesseiro,  natural de Crateús, que trabalhava como gesseiro e morava naquela cidade há cerca de uma ano,  que foi encontrado na  manhã de domingo na parede do referido açude, com a cabeça esfacelada e com várias perfurações pelo corpo.

Segundo apurou a polícia, que a vítima teria sido levada para o “cheiro do queijo”, e lá no açude teriam ingerido bebida alcoólica e possivelmente feito uso de entorpecentes.

Naquela oportunidade, os acusados teriam executado o rapaz e depois levado sua motocicleta que até então não foi encontrada.

Na casa de um dos acusados,  conhecido como Ricardo foram encontrados pertences da vítima  e uma arma. Ricardo nega participação e diz que não sabia de nada.

Outro acusado de ter participação direta no crime é conhecido como “Li” que teria efetuado pedradas na cabeça da vítima, após o gesseiro ter sido atingido com um tiro, que teria sido efetuado por um homem identificado como Tonho do bairro Lagoinha, que está foragido e possivelmente em poder da moto da vítima.

Outro jovem conhecido como Alyson que dias anteriores teria tido uma discussão com a vítima também foi preso pela polícia militar.

Os acusados que negam e se contradizem com as informações, residem na sede de Catarina.Segundo o Delegado Dr. João Pereira (foto) que acompanhou a operação pessoalmente, todos serão indiciados por latrocínio e formação de quadrilha. 

Os acusados que são todos jovens com idade entre 16 e 25 anos estão recolhidos a carceragem da Delegacia Regional de Tauá.

Na ocasião, o delegado disse que também está apurando o caso do radialista Geninho Franco que no início desta semana sofreu agressões e ameaças naquele município por dois homens desconhecidos que estavam numa motocicleta e armados e após a ação fugiram tomando rumo ignorado.

Dr. João é delegado de Parambú, mas responde também como delegado plantonista na 14ª DP regional de Tauá.

Matéria na íntegra com entrevista com o Sargento Vidal da Polícia Militar, com os acusados e com o Delegado Dr. João Pereira na Edição do Programa Opinião do Povo,  desta quinta-feira, na Rádio Cultura dos Inhamuns, a partir do meio dia, com Sampaio Moreira e Edy Fernandes.

Por Flaviano Oliveira  - repórter.