quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

MENORES APREENDIDOS EM CATARINA DENUNCIAM FORMAÇÃO DE QUADRILHA


Os dois menores 13 e 15 anos de idade, apreendidos  pela Policia Militar de Catarina na última terça-feira, dia 8, no Bairro Lagoinha, em Catarina, de posse dos objetos furtados da escola estadual Pedro Jorge Mota, nesta cidade, foram ouvidos na manhã de ontem (quarta-feira, 9) pelo delegado da 14ª delegacia de Policia Civil de Tauá, Dr. Gregório Neto, e após depoimentos, os menores assinaram um termo juntamento com seus pais e denunciaram os maiores de idade envolvidos no arrombamento e furto da escola Pedro Jorge Mota, na madrugada da última terça-feira 8. Segundo informações do SD Aluízio do destacamento de Policia Militar de Catarina, os menores disseram ao delegado que se trata de uma quadrilha composta por  5(cinco) pessoas, sendo 3 (três) homens, 1 de Catarina, 1 de Mombaça e 1 de Tauá, e duas mulheres de Tauá.

Segundo os menores, o bando teria alugado uma casa no Bairro Lagoinha, em Catarina há cerca de uma semana só para praticar roubos e furtos na cidade.

Os menores apreendidos ainda disseram ao delegado da 14ª DP de Tauá, que os 3 (três)  homens realizavam os roubos e furtos, os menores (eles), eram aliciados a esconderem os objetos roubados e as duas mulheres se encarregavam de levar os produtos furtados para outra cidade. Os nomes dos 5 (cinco) acusados foram revelados pelos menores. A Polícia Civil já iniciou as diligências para tentar localizar e prender a quadrilha.

O bando apontado pelos menores teria fugido para Tauá e Iguatu.

Com informações da Policia Militar de Catarina.
(88) 3556-1191

Reportagem e Foto:
 Diomar Araújo / Blog do Diomar Araujo.