quarta-feira, 25 de novembro de 2015

TAUÁ SEDIA ENCONTRO DE CONVIVÊNCIA COM O SEMI-ÀRIDO

Encontros discutem, a partir de hoje, estratégias para melhorar a convivência da população do semiárido com o território. A iniciativa faz parte do projeto Convivências com o Semiárido, realizado pela Fundação Demócrito Rocha. Gestores públicos, agricultores, ambientalistas, professores e representantes de movimentos sociais estão entre o público que o projeto pretende contemplar. 

A primeira cidade a receber as atividades, que são gratuitas, è Sobral. Nos próximos dias, os encontros ocorrem em Tauá (sexta-feira), Juazeiro do Norte (2/12) e Quixadá (4/12). Os participantes receberão material formativo.

De acordo com o Censo do IBGE de 2014, o semiárido brasileiro tem uma população de quase 24 milhões de pessoas, das quais cerca de 8 milhões estão localizadas na zona rural. Segundo João Martins, responsável pelo conteúdo do projeto, o material parte de experiências de pessoas com o território. Os livros e DVDs tratam das possibilidades para contribuir com o aproveitamento da estrutura da área e de oportunidades sociais.

Elaboração de projetos e gestão de políticas públicas, uso racional da água, acesso à terra, agroecologia, recuperação ambiental e bioenergia estão entre os temas que os encontros pretendem abordar em cada cidade. O projeto investe em ferramentas pedagógicas e tecnologias de educomunicação para transmitir os conteúdos.

O material impresso traz narrativas de estudiosos, que refletem a transformação sofrida pelo território, onde o combate às adversidades foi substituído por convivência. No total, são seis livros temáticos: água, terra, clima, produção, educação e gestão.

Além de João Martins, os libretos são escritos por João Suassuna, José Borzacchiello da Silva, Eduardo Sávio Martins, Nicolas Fabre e Gema Galgani. 

Serviço

Convivências com o Semiárido

25/11 -  Centro de Eventos de Sobral 

27/11 - Tauá

2/12 -  Juazeiro do Norte

4/12 - Quixadá

Horário: das 8h às 18 horas
Informações: ( 85) 3255 6150
Entrada gratuita e inscrições no local.