quarta-feira, 30 de setembro de 2015

RÉU CONDENADO EM LONGO JULGAMENTO EM TAUÁ


Ficou encerrado no inicio da noite dessa quarta-feira,30,um longo julgamento realizado no fórum Dr. Fábio Augusto,em Tauá.Foi julgado o réu Bonifácio Joaquim Sousa Junior,acusado de tentativa de homicidio simples,lesão corporal,ameaças,resistência, desacato e desobediência,tendo como vitima o soldado da Policia Militar Ryan.O fato aconteceu em 2014,em um bar,no bairro Bezerra e Sousa.

O julgamento foi iniciado com o depoimento do soldado Ryan e em seguida o réu falou sobre o fato.Na sequencia foi protagonizado o grande debate entre acusação,feita pela promotora Drª Valesca Catunda e a defesa do réu,feita pelos advogados José Viana de Abreu e Felipe Viana de Abreu.No final o réu foi condenado em todos os crimes,sendo 5 anos e 02 meses de reclusão,pela tentativa de homicidio simples e mais 01 ano e 02 meses de detenção pelas demais acusações.O acusado vai responder no regime semi aberto.O júri foi presidido pela Juiza Giselli Lima de Sousa.

ADIADO JULGAMENTO
O julgamento que estava marcado para esta quinta-feira,01,foi adiado,sem data marcada.A decisão foi tomada pela titular da 1ª vara da Comarca de Tauá,Drª Gisélli.O motivo é que a vitima,Iramar Bezerra do Nascimento,se encontra atualmente cumprindo pena na Pirc,Penitenciária Regional do Cariri.A direção da Pirc não tem contingente de segurança para escoltar o preso até Tauá e como não há também policiais disponiveis na cidade,foi adiado o julgamento.O réu é Antonio Marcio Bezerra Araújo.