terça-feira, 11 de agosto de 2015

PRESO SUSPEITO DE ASSASSINATO EM PARAMBU


Um trabalho de investigação conjunta das Policias Civil e Militar local resultou na prisão de um homem que já responde por um homicídio e que estava foragido da Justiça. Segundo a polícia, o mesmo figura como suspeito da prática do homicídio que vitimou um comerciante, na manhã desta terça feira, 11, no centro da cidade de Parambu.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, logo que ocorreu o homicídio que vitimou o comerciante Francisco Áureo Noronha, “Aldo Felix”, 48 anos; fato ocorrido por volta das 11h30, na Rua Santa Rosa, centro desta cidade, os Escrivães da Polícia Civil, Aloízio e Brandão, com o apoio de Policias Militares do destacamento local, iniciaram as investigações no intuito de elucidar e prender os autores do crime.

Depois da checagem de varias informações, inclusive com pessoas do convívio da vítima, os policias começaram a investigar a hipótese de um possível “crime passional” e chegaram ao nome de um suspeito, que possivelmente residia na região serrana, onde a Polícia esteve e foi informada que o homem estava residindo na localidade de Queimada Grande, neste município.

Ao retornar para a cidade, os policiais foram até á localidade de Queimada Grande, onde prenderam o Luís Vanderlei Bezerra, 40 anos, nascido aos 18/02/1975, filho de Antônio Cassiano Bezerra e Maria Zulene Bezerra. Contra ele, os policiais civis constataram existir em aberto, um Mandado de Prisão Preventiva da Comarca de Madalena, Estado do Ceará, pela infração ao Art.121 do CPB, pratica de homicídio naquele município.

O mesmo foi trazido para a Delegacia e a princípio negou qualquer participação ou envolvimento no assassinato do comerciante Francisco Áureo, mas ficou preso por já ser homicida e foragido da justiça.

Segundo a polícia a hipótese de investigação é de um possível “crime passional”, pois, a vitima mantinha um relacionamento amoroso com a ex-mulher do suspeito que está preso, porém, não descarta outras hipóteses para o caso.

Imagens do circuito de segurança dos comércios vizinhos ao local onde o comerciante foi executado também ajudarão na elucidação do caso.

Fonte:Blog Abraão Barros