quarta-feira, 12 de agosto de 2015

OFICIAIS DE JUSTIÇA EM GREVE PARCIAL

Hoje em greve parcial, até o final desta semana, os oficiais de justiça em todo o Estado devem entrar em greve total passando a cumprir apenas mandados considerados urgentes. Desde a paralisação no último dia 3, o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado do Ceará (Sindojus-CE) e os servidores acordaram que apenas 40 mandados seriam cumpridos por cada oficial. Quando essa meta for cumprida, servidores entrarão em greve total.
Dentre as ordenações consideradas urgentes, estão as liminares para procedimentos médico-hospitalares, Lei Maria da Penha para afastamento de lar, busca e apreensão de adolescentes, habeas corpus, alvará de soltura. Em Fortaleza, no Fórum Clóvis Beviláqua, cerca de 200 oficiais cumprem as diligências. No Ceará, servidores chegam a 700. Os oficiais cobram equiparação entre servidores de nível médio e superior na tabela de vencimento; e gratificação de estímulo à interiorização, entre outras reivindicações.
O Tribunal de Justiça do Ceará diz que não há possibilidade de atender as demandas dos oficiais de Justiça este ano, apenas em 2016.

Obs:Os oficiais de Tauá aderiram a greve parcial e concordam também com a paralisação geral.

Fonte:O Povo