quinta-feira, 13 de agosto de 2015

OBRAS DA ESTÁTUA DE SÃO FRANCISCO VÃO RECOMEÇAR APÓS DEZ ANOS


Quando completa 10 anos de sua inauguração no dia 04 de outubro de 2015, a Estátua de São Francisco das Chagas de Canindé, maior monumento religioso do mundo em homenagem ao santo, tem suas obras retomadas. O objetivo é melhorar a comodidade para o romeiro que visita o local.

A Empresa responsável pelos serviços é a Guanabara Construções LTDA, do empresário canindeense Marcelo Aguiar. O acompanhamento dos serviços fica a cargo da Secretaria de Infra Estrutura e Desenvolvimento Urbano.

Os recursos vem dos cofres da Caixa Econômica Federal, através do Ministério do Turismo ‘’Turismo no Brasil’’ e Governo Municipal de Canindé que somam R$ 1.864.125,25, para construção do sistema viário, praça e estacionamento com viabilização e otimização do monumento de São Francisco.

A imagem erguida no Alto do Moinho mede 30,25 e é considerada uma das grandes atrações turísticas do Estado do Ceará, para o povo Nordestino. Um símbolo de fé sem limites.

Na construção realizada pela empresa Magna Locações em 2005 o investimento financeiro foi de 2,2 milhões. A estátua foi construída com 18 toneladas de ferro, 3.500 sacas de cimento de 50 quilos cada. Possui uma escada com 125 degraus que leva até um mirante com capacidade para 15 pessoas.

Dois milhões de romeiros visitam Canindé a cada ano. A cidade tem uma população de 80 mil habitantes e fica a 126 quilômetros de Fortaleza. 60% desse total dos habitantes trabalham e sobrevivem de rendas provenientes dos comércios formais e informais na romaria de São Francisco que acontece de 24 de setembro a 04 de outubro.

A cidade é detentora do maior santuário franciscano das Américas e realiza a segunda maior romaria em reverencia ao santo no mundo.

Ela foi inaugurada no dia 04 de outubro de 2005, data reservada para homenagens ao homem que imitou Cristo e se tornou o espírita mais evoluído do planeta pelo então Governador da época Lúcio Alcântara, às 9h da manhã com a presença do Arcebispo de Fortaleza Dom José Antônio Tosi.

A imagem do padroeiro de Canindé ganhou revestimento com pastilhas de cerâmica vitrificadas, tamanho 2x2cm, procedentes da China.

Ao todo 789 metros quadrados de equipamentos, o que representa 02 milhões e 250 mil peças de vidros de revestimento de cor marrom e uma fé incalculável.

O pároco e reitor do Santuário, Frei Marconi Lins que chama Canindé de ‘’Assis Brasileira’’ acredita que essa nova fase vai incrementar ainda mais o turismo religioso, atraindo mais fiéis e visitantes do país e do mundo, contribuindo com o aumento da oferta de emprego e renda do Município.

Fonte:http://www.c4noticias.com.br/