quarta-feira, 12 de agosto de 2015

MAIS UM JULGAMENTO REALIZADO EM TAUÁ


Foi realizada nessa quarta-feira,12,mais uma sessão de júri popular,no Fórum Dr. Fábio Augusto,em Tauá.Dessa vez dois réus foram submetidos ao julgamento que começou pela manhã e só veio terminar no periodo da tarde.Os réus foram denunciados pelo assassinato à bala de Francisco José Linhares de Sousa,conhecido como Nêgo,fato ocorrido no dia 04 de junho de 2006 por volta das 23:00 hs,na Vila de Marruás.Após uma confusão envolvendo várias pessoas ele tombou morto.Um dos réus,Luis Cleuton de Sousa,alegou que não teve participação no crime,versão confirmada pelo principal acusado, e no final foi absolvido pelo júri.O principal acusado,José Evilásio de Freitas,assumiu ser o proprietário da arma usada na prática do crime e que também atirou na vitima,alegando legitima defesa.A acusação de homicidio qualificado foi desclassificada para homicidio simples,após o trabalho da defesa do réu.No final José Evilásio foi condenado à 06 anos de prisão,mas como já cumpriu um pouco mais de um ano e houve a desclassificação,vai responder em liberdade.

Trabalhou na presidência do Júri a DrªGiséli e na acusação a representante do Ministério Público,Drª Valesca Catunda.A defesa dos réus ficou a cargo dos advogados Dr. José Viana de Abreu e Felipe Viana de Abreu.Na próxima quarta-feira,19 será realizado mais um julgamento.