quinta-feira, 16 de julho de 2015

IDENTIFICADO CORPO ENCONTRADO EM AÇUDE EM CATARINA


O corpo de um homem que foi encontrado sem vida na tarde  do  ultimo dia 03 de julho (sexta-feira),  no sítio Buenos Aires, a três quilômetros da cidade de Catarina, em um açude pertencente aos proprietários da localidade já foi identificado.

Trata-se, de Cesário da Silva, 63, natural de Taubaté – São Paulo, residente em Limeira, também naquele estado.

Cesário foi encontrado por populares e apresentava sinais violência provavelmente perfurações a faca. O corpo já estava  em avançado estado de decomposição, levando a crer  que ele estaria naquele local  há cerca de três dias.

O Destacamento Policial de Catarina foi comunicado do achado de cadáver e acionou o rabecão da perícia forense de Tauá que levou o corpo para  a realização do exame de necropsia no Instituto Médico legal – IML, e até o início desta semana  continuava sem identificação.

A identificação:

Segundo informações, a vítima veio de São Paulo passear em Catarina, a convite de um casal de amigos que reside naquela cidade. Em companhia de Cesário, estava também a atual mulher e uma criança de 01 (um) ano e meio (menino).

A vítima era viúvo e estava no segundo relacionamento. A criança que estava em sua companhia, é filho  de uma filha adotiva dele, mas Cesário tinha a guarda do menino.

Ainda conforme informações levantadas pela reportagem do Blog do Flaviano Oliveira e da Rádio Cultura dos Inhamuns, a mulher conhecida como Ely retornou para São Paulo com a criança, e ao chegar em Limeira, teria dito para família do esposo, que ele  teria ficado  numa pousada em Catarina, pois estava sem o dinheiro da passagem de volta. 10 dias depois, a referida mulher informou para a família da vítima, que havia recebido uma ligação anônima que seu marido tinha sido encontrado morto e o corpo estava sem identificação no IML de Tauá.

Cesário que era cozinheiro tem um filho, fruto   do primeiro casamento. Júlio César, tem 36 anos de idade e está vindo para Tauá para acompanhar as investigações e providenciar o sepultamento do corpo do pai, que deverá acontecer neste município (Região dos Inhamuns), pois segundo parente dele, a família não tem condições de custear  o traslado para São Paulo,  avaliado em  R$ 18,000,00 reais.

Conforme apurou a reportagem, a companheira de Cesário,  Ely também está vindo pra região e deverá ser intimada pelo Delegado Regional Dr. Gregório Neto para prestar esclarecimentos na 14ª DP, sobre o fato, já que segundo a fonte, vítima e esposa tinha um relacionamento conturbado.
Reportagem: Flaviano Oliveira.