quinta-feira, 25 de junho de 2015

RECUPERADA HILUX TOMADA DE ASSALTO


Foram transferidos na tarde desta quarta-feira, 24, de Iguatu para Tauá, os dois homens presos em Jucás, acusados de assaltar o empresário e fazendeiro Adroaldo Rodrigues, na madrugada do mesmo dia, quando a vítima retornava com a família de um festejo junino da localidade de Flamengo - Saboeiro.

Adroaldo foi interceptado por quatro homens armados que anunciaram o assalto. O fato ocorreu na fazenda Santa Maria, zona rural de Catarina  – pertencente ao empresário.Na abordagem, o dono do veículo reagiu e houve troca de tiros. Dois bandidos foram baleados, mas mesmo assim, fugiram no veículo da vítima, numa Hilux de cor prata ano 2010 placas HIL 0088 inscrição de Catarina.Os dois elementos após fugirem, deram entrada lesionados a bala no Hospital de Jucás. A polícia militar do município foi acionada, e de posse das informações e características dos indivíduos, se deslocou até aquela unidade de pronto socorro e deu voz de prisão aos mesmos. Em seguida foram transferidos sob escolta policial para o Hospital de Iguatú.Nesta tarde de quarta-feira, após receber alta médica, a dupla de assaltante, que reside no município de Jucás, foram transferidos pela Polícia Militar de Catarina para a Delegacia Regional de Tauá onde estão sendo autuados por assalto e formação de quadrilha.

IDENTIFICAÇÃO DA QUADRILHA:
Segundo os assaltantes, Antonio Paulo dos Santos, conhecido como ‘Vanderli’ e Francisco Jaime Rosa, disseram para a polícia que seguiram para Catarina com quatro armas, sendo uma calibre doze, uma pistola e dois revólveres calibre 38, onde fariam uma ‘parada’ fácil de 200.000,00 e a Hilux do fazendeiro. Conforme informações dos dois presos baleados, os outros integrantes do grupo, foram identificados, um conhecido pelo nome de “Paulistinha”, que teria saído recentemente da cadeia e outro conhecido como “Piloto”. Ambos seriam de Juazeiro do Norte. A polícia civil está investigando se esta informação procede ou não.

REAÇÃO:
Após a intensa troca de tiros, o empresário ainda chegou a ser rendido pelos elementos, pois a munição do pente da sua arma que seria registrada, uma pistola 380, teria acabado.
A vítima ainda chegou a entrar em luta corporal com os elementos conseguindo tomar a espingarda calibre 12 dos mesmos, mas ao tentar manusear não conseguiu.Rendido pelo grupo, um dos homens disse que iria mata-lo, por que o empresário tinha baleado seus comparsas,  mas um dos que estava baleado não teria aceitado, dizendo “não faça isso com ele, pois a culpa é nossa”.

A FAMÍLIA
Adroaldo e sua família, esposa e filhas ficaram na mira dos bandidos, enquanto isso, suas filhas imploravam para que os assaltantes não fizessem nada com o pai.Em seguida eles fugiram no veículo da vítima levando também a sua pistola.

VEÍCULO ENCONTRADO
A Hilux foi localizada abandonada no município de Jucás e já se encontra no pátio da Delegacia Regional de Tauá. O veículo está crivado de bala.

FORAGIDOS
Após abandonarem o carro, os dois homens que integravam o grupo fugiram, e até o presente momento ainda não foram localizados.

Por Flaviano Oliveira - repórter